Sem Fungos

Atualmente o Brasil é o 5° consumidor de produtos de amendoim no mundo. Há necessidades de conscientização da população que tem preferido alimentos com elevado valor nutricional e energético como o amendoim, seja o in natura ou de produtos a base de amendoim como as pastas, paçocas e cremes e estes podem apresentar a toxina que é prejudicial a saúde.

A população consumidora incluindo adultos e crianças devem estarem em alerta ao fato de que alguns amendoins podem desenvolver as aflatoxinas que são toxinas produzidas por fungos contaminantes que podem estar presentes deste o plantio, colheita e armazenamento do amendoim, podem estes serem industrializados e chegarem ao consumidor final sem serem fiscalizados ou analisados por órgãos competentes como o Ministério da Saúde.

Preocupa-se com esta atual situação e verifica-se a importância de anunciar dos perigos que a população consumidora pode estar em risco ao ingerir o amendoim contaminado por aflatoxinas, entre os principais efeitos à saúde humana causados pelas aflatoxinas estão: a hepatite do tipo B, sérios danos ao sistema nervoso e o câncer primário do fígado.

Muitas das aflatoxinas têm afinidade por um determinado órgão ou tecido, sendo o fígado, os rins e o sistema nervoso os mais afetados.

Siga-nos

Facebooktwitterlinkedininstagram